Início

Localizada em Guilhufe – Penafiel, junto ao cruzamento da A4 com a EN 15, foi fundada em 1978 para fabricar Artefactos de Betão a aplicar em infraestruturas viárias e de saneamento: manilhas, blocos, lancis, pavés, etc.

Em 1993, face à perspectiva de entrada em vigor de normas EN – com acrescidas exigências de qualidade – impôs-se a reorganização e reequipamento da empresa, pelo que adquiriu em Itália máquinas automáticas para a produção de manilhas com 2 m de comprimento e para o fabrico das armaduras complementares, que foram as primeiras instaladas em Portugal. Inicia-se aqui a vocação precursora da BETAFIEL.

As EN’s atrás referidas impunham o controlo contínuo de QUALIDADE, pelo que a BETAFIEL montou um laboratório próprio, dotado – entre outro equipamento – de uma prensa de 200 Ton para ensaio de manilhas à compressão diametral, que foi, também, a primeira instalada no nosso país.

No ano seguinte, adquiriu uma máquina para testar a estanquidade das manilhas, duas a duas e sob deflexão – conforme a EN – com o que se testa, também, a junta de ligação. É até agora, única em Portugal. A par deste reequipamento, o fabrico do betão mereceu atento cuidado, passando-se a fazer o controlo ponderal de inertes e cimento e a dosagem computorizada da água de mistura, com determinação prévia do teor de humidade trazido pelos inertes. Na minuciosa optimização deste processo vai-se até ao controlo da temperatura de fabrico do betão, determinante na sua qualidade final.

Periodicamente, e de acordo com os procedimentos previstos nas novas EN`s, faz-se a colheita e ensaio de provetes representativos das várias composições do betão utilizado nos diferentes produtos.

A preocupação ambiental, cuja normalização se ia estruturando ao nível da CE, passou a ser uma constante na BETAFIEL, iniciando-se a medição do ruído, reaproveitamento de resíduos e controlo de poeiras, adquirindo-se, para este, em Espanha, um silo-torre de depósito e dosagem de inertes por gravidade, em circuito totalmente fechado, ainda uma vez mais, único em Portugal.

Em 1999, sempre atenta às necessidades do mercado e à inovação tecnológica, a empresa começou a fabricar GALERIAS (Box-culvert) em peças monobloco, no que foi, também, pioneira em Portugal. Posteriormente em 2003 adquiriu em Itália uma máquina para o fabrico automático destas peças, com a dimensão máxima possível de 5 x 3 m interiores, continuando a trabalhar com o equipamento inicial para fabricar Box-culvert de quaisquer dimensões. Sequentemente, concluiu-se com êxito o processo de marcação CE das galerias Box-culvert, segundo a norma EN14844 de 2006 + A1, sendo também mais uma vez pioneira.

No ano 2002 a BETAFIEL renovou completamente a linha de fabrico de prensados: blocos, lancis, pavés, lajetas, etc., adquirindo maquinaria de última geração, com sistemas de embalagem e marcação integrados, o que lhe permite colocar no mercado produtos de primeira qualidade.

Em 2004, e mais uma vez antecipando as necessidades futuras, a BETAFIEL adquiriu uma patente de Barreiras de Segurança em Betão, DELTABLOC®, que cumpre na íntegra todos os requisitos da norma EN1317, contribuindo para a melhoria e segurança das estradas nacionais, e tendo uma durabilidade superior a 50 anos, mais uma vez a BETAFIEL é a única empresa no mercado nacional com este produto.

Já no ano de 2007 e mais uma vez com o intuito de preservação ambiental a BETAFIEL adquire uma patente, PREDL®, tendo esta marca produtos “amigos” do ambiente, nesta altura a BETAFIEL começa a produzir e comercializar bases de câmaras de visita com fundo revestido a polipropileno o qual lhe confere uma qualidade inexcedível e um desempenho único em conformidade com a norma EN 1917.

Para além desta legislação este produto superou também com distinção os mais duros ensaios de simulação de envelhecimento e resistência ao longo do tempo, prevendo-se que o tempo de vida útil seja pelo menos de 50 anos.

Entrou também neste período em funcionamento uma linha de produção de muros de suporte de terras, com características únicas no nosso país e mesmo na Península Ibérica, prova de que o espírito inovador e a pesquisa constante de novos produtos e métodos se mantêm, para bem cumprir o seu propósito final, que é a plena satisfação das necessidades dos seus CLIENTES.

Muitos outros materiais se inserem na nossa linha de actuação, havendo para além disso sempre total disponibilidade dos nossos serviços técnicos para o estudo de novas soluções capazes de dar resposta a um determinado problema.